Porque que é que os gatos dormem tanto?

Porque que é que os gatos dormem tanto?

Um gato passa cerca de dois terços, da sua vida, a dormir o que equivale a 16 horas, de sono, diárias. Este é, um dos mamíferos, que passa mais tempo a descansar, só sendo ultrapassado pelo gambá e por alguns morcegos.

Quem convive com gatos observa, facilmente, que estes têm mais atividade, à noite, e maiores períodos de descanso, durante o dia. Contudo este facto pode ser explicado. Este felino, como tantos outros é um predador, programado para caçar, especialmente durante o período noturno. Os felinos de grande porte, como os leões, descansam durante o dia e perseguem, as suas presas, durante a noite.

O gato, apesar de domesticado, não perdeu esta característica selvagem, até porque, os animais silvestres continuam a precisar de providenciar, as suas próprias refeições. É de notar que mesmo um gato a brincar revela instintos primitivos como esconder-se e, posteriormente “atacar” rapidamente. Para realizar todas estas ações, o pequeno felino descansa durante, o maior tempo possível.

Um gato nem sempre está a dormir profundamente. É comum vê-los a dormitar com as patas junto ao corpo, mas de cabeça erguida ou mesmo sentados, posição em que os músculos estão contraídos, para suporte, do animal. Nestes casos, embora não pareça, o pequeno felino está pronto a responder rapidamente, a qualquer estímulo.

Cerca de 70% do sono de um gato, não é profundo, sendo que este animal continua a captar informações, do ambiente que o rodeia, como cheiros e sons. Caso se aperceba de algo que lhe desperte a atenção, tal como o pequeno barulho de um rato ou cheiro a comida, o gato é capaz de acordar instantaneamente.

Quando este animal esteve a dormir profundamente, o despertar tem semelhanças com o dos humanos. O pequeno felino irá bocejar, espreguiçar-se e piscar os olhos, repetidamente. Normalmente depois destas ações o gato ocupa-se com os seus cuidados de higiene. É neste tipo de sono que o animal relaxa completamente e até o funcionamento do seu cérebro muda.

Os gatos, tal como a nossa espécie, também sonham, e é nestes períodos que tal acontece. Embora não existam provas concretas é facilmente percetível quando, durante o sono do animal, vemos as patas ou os bigodes a mexer ou, em casos extremos, a emissão de sons. O sono profundo de um gato dura, em média, 5 minutos. Depois deste tempo o felino pode voltar a dormitar e, mais tarde retomar o seu sono profundo.

Os gatos, tal como os humanos, também se sentem mais preguiçosos em dias chuvosos ou de frio.

Tags: , , , , ,

Comentários

Top