O sono dos gatos

O sono dos gatos

Os gatos dormem em média 13 a 18 horas por dia, e são dos mamíferos que mais dormem diariamente.

Como animais caçadores que são dormir faz com que poupem ao máximo a energia para uma eventual caçada. Mesmo em felinos domesticados que não saem para caçar o instinto fala mais alto e não passam sem grandes sonecas diárias.

Os donos dos gatos sabem que os seus pequenos felinos não necessitam de tanta energia acumulada e que não vão caçar, mas privá-los dessas horas de sono só os vai stressar visto que o instinto é mais forte que a adaptação ao mundo humano.

Estima-se que 70% do tempo em que o gato está a dormir o seu sono é pouco profundo, ou seja, apenas uma sesta ao olho dos humanos. No resto do tempo o sono é profundo chegando mesmo a períodos de REM, ou seja períodos equivalentes aos sonhos dos humanos. Até ao dia de hoje não foi possível comprovar se os gatos também sonham mas o comportamento físico é semelhante ao dos humanos (rápidos movimentos com os olhos, tremores, pequenos gemidos, etc), pelo que também não é errado presumir que eles sonham.

Durante o tempo da sesta o gato está relativamente alerta para qualquer ruído que aconteça à sua volta, o que, muitas das vezes, dá a ideia de nem sequer estarem a dormir. Este estado de alerta é provocado pelo instinto de caçador e nunca irá desaparecer.

Normalmente os gatos estão mais despertos ao amanhecer e ao anoitecer, talvez porque ser nesta altura que os seus ascendentes saíam para caçar, e esses instintos nunca foram perdidos ao longo de gerações e gerações de pequenos felinos.

Os locais preferidos para o gato dormir são a cama dos donos ou os sofás, pois é nesses locais que eles se sentem mais seguros. É frequente os donos arranjarem uma cama confortável para o gato e ele nunca se deitar nela, trocando essa cama por uma cadeira incomoda.

De salientar que os gatos preferem também os locais onde o cheiro dos donos seja mais intenso, o que os leva muitas vezes a dormir em locais inóspitos como o armário ou perto dos sapatos.

 

Tags: , , , , ,

Comentários

Top